Press "Enter" to skip to content

Corveia

Last updated on Maio 16, 2022

corveia ou corveia real (do latim corrogare, exigir, através do francês corvée) é uma obrigação presente no modo de produção feudal e correspondia ao pagamento através de serviços prestados nas terras ou instalações do senhor feudal ou feudo vassal ou estado.

De 2 a 4 dias por semana, o servo era obrigado a cumprir diversos trabalhos como, por exemplo, fazer a manutenção do castelo, construir um muro, limpar o fosso do castelo, limpar o moinho, etc. Podia também realizar trabalhos de plantio e colheita no manso senhorial.

O costume remonta ao final do Império Romano quando os cidadãos em vez de pagar imposto (em moedas) prestavam serviços na manutenção de obras públicas, em geral estradas e pontes. Os senhores romanos também passaram a exigir dias de trabalho de seus colonos e trabalhadores agrícolas.

No decorrer dos séculos XI e XII, as corveias diminuíram sensivelmente, quase desaparecendo. Quando a moeda passou a ter uso mais comum, o trabalho foi substituído pelo pagamento em dinheiro pelo servo. Mesmo assim, subsistiu em muitas regiões da Europa. Na França, a corveia foi oficialmente abolida em 4 de agosto de 1789, durante a Revolução Francesa.

Origem da palavra Corveia

Do francês corvée, «trabalho gratuito»

Referências

  1. Origem: Wikipedia
  2. Sutd Historia: Corveia
  3. Meu Dicionário: Corveia